Revistas

  • REVISTA A FORTIORI

    A Fortiori (ISSN 2763-9908) é uma revista jurídica que publicará artigos científicos, revisões de literatura, artigos de opinião e resenhas inéditos na área de Ciências Sociais, com ênfase em Direito, que não estejam sendo apresentados simultaneamente em outro periódico.


    O sistema de avaliação adotado pela revista “A Fortiori” é o de revisão por pares (peer review), conhecido também como sistema de arbitragem, considerado essencial para o processo de produção do conhecimento e desenvolvimento da ciência. Avaliadores ad hoc são fundamentais para manter o padrão de qualidade de nossas publicações.


    Periodicidade


    A revista A Fortiori é uma publicação semestral, produzindo duas edições por ano, agrupadas em volumes.


    Normalmente, a primeira edição é publicada no período de fevereiro a abril. A segunda, de agosto a outubro.

  • REVISTA SAÚDE MULTIDISCIPLINAR

    A temática da Revista Saúde Multidisciplinar (2318-3780) é constituída por diferentes matrizes as quais se refletem nas distintas abordagens de compreensão e intervenção na área da saúde humana, com objetivo de contribuir para a disseminação do conhecimento.


    A periodicidade de submissões é de fluxo contínuo com publicações semestrais, preferencialmente entre os meses de março/abril e setembro/outubro. O sistema de avaliação adotado pela revista Saúde Multidisciplinar é o de revisão por pares (peer review). 


     

  • REVISTA PROPOSITUM

    A Revista de Extensão PROPOSITUM tem o compromisso de fortalecer a Extensão Universitária como um processo formativo, pedagógico e cidadão, por meio da difusão de ações extensionistas publicadas em artigos científicos e relatos de experiências.  

     A Revista objetiva discutir a ação extensionista como forma singular no processo de formação do estudante, pela qual o conhecimento apresenta-se como uma ferramenta para a construção de alunos conscientes. 

    Com periodicidade anual, busca validar o conhecimento tradicional associado ao científico, produzido na relação indissociável entre o ensino, a pesquisa, a extensão e as políticas afirmativas. Por fim, busca registrar e divulgar resultados da relação dialógica crítica da experiência vivencial universitária com as comunidades.  

    Os critérios para publicação, explicitados nos Editais de Submissão, incluem rigor científico e metodológico, originalidade e relevância do tema, aderência há pelo menos uma das quinze áreas temáticas da Política de Extensão da FAMP, e organização formal do texto. Os trabalhos devem, necessariamente, resultar de ações de extensão universitária.  

    A primeira edição da Revista será publicada em Janeiro de 2022. A chamada de trabalhos será convocada de 02 de Agosto a 30 de Outubro de 2021. 

     

    Áreas do conhecimento: são as 15 linhas temáticas da Extensão, apresentadas na Política de Extensão da FAMP.

    Público-alvo: extensionistas, comunidade universitária, pesquisadores em temas relacionados com as linhas editoriais da revista.

    Tipos de trabalhos aceitos para a publicação: são aceitos trabalhos que contemplem o escopo das seguintes seções da revista:

    1. Artigos – Textos que relatam processos, metodologias e resultados de trabalhos de extensão em andamento ou concluídos e que foquem, especialmente, a relação do processo extensionista com a sociedade. Documentos contendo o resultado de análise ou reflexão sobre questões atinentes à extroversão do conhecimento científico, em qualquer área do conhecimento. Texto originado em trabalho científico que tenha entre suas finalidades, contemplar a aplicação do conhecimento gerado pela academia na sociedade. 

    2. Relatos de Experiência - Critérios de avaliação: ineditismo, origem em estudo ou trabalho de extensão, qualidade teórica, qualidade metodológica, apresentação de resultados, atualidade das referências, suficiência argumentativa, correção gramatical e de normalização, idoneidade no uso de fontes primárias ou secundárias e no uso de entrevistas, inserção nas linhas editoriais da revista. Em relação ao ineditismo, ressalta-se que as publicações aceitas na revista possuem caráter de pesquisa original, tanto no âmbito científico quanto no acadêmico.
  • ANAIS CIENTÍFICOS DA FAMP

    Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.